Notícias
Publicado em: 11/06/2015 09:04:02
Londrina

Presos suspeitos de participação em morte de professora em Londrina

Dois jovens de 19 anos foram presos e um adolescente de 16 anos apreendido por envolvimento na morte da professora e consultora de culinária Mirella Eliane Guandalini Giovanni. A mulher de 44 anos foi executada durante um sequestro-relâmpago na noite desta quarta-feira (10), na BR-369, no trecho entre Londrina e Ibiporã.

Mirella estava acompanhada do filho no carro quando os dois foram rendidos por um bandido na avenida Brasília. O garoto de 16 anos foi amarrado e trancado no porta-malas do veículo enquanto o suspeito ocupou o banco do passageiro ao lado da motorista.

A professora teria passado mal e resolveu estacionar o carro às margens da rodovia. A ação irritou o criminoso que atirou na professora e fugiu. O relato foi feito pelo filho que mesmo preso conseguia ouvir toda ação.

De acordo com o Instituto de Criminalística, a vítima foi atingida por um único disparo feito à curta distância na região lateral da cabeça. A versão reforça a situação de que o crime aconteceu por impaciência do atirador.

O socorro chegou a ser acionado, mas a mulher morreu ainda no local. Mirella Guandalini havia trabalhado em Londrina e voltava para casa em Ibiporã. O corpo dela será sepultado na tarde desta quinta-feira (11) no Cemitério de Ibiporã.

O trio foi localizado durante a madrugada de hoje pela Rádio Patrulha da Polícia Militar. O tiro que matou a professora teria sido feito por um dos jovens de 19 anos. A arma usada também foi apreendida.

Os outros dois teriam dado cobertura na ação. Os dois mais velhos foram levados ao Centro de Triagem de Londrina. Já o adolescente foi transferido ao Centro de Socioeducação (Cense).

fonte: Obonde